Mulher é presa suspeita de matar grávida para tirar bebê em Uberlândia

Jovem de 18 anos estava grávida de oito meses. Segundo a Polícia Civil, ela dopou a menina para retirar a criança, que sobreviveu

Uma mulher de 37 anos foi presa suspeita de matar uma grávida de apenas 18, completados no mês passado, para roubar o bebê. O crime bárbaro ocorreu nessa terça-feira em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. A criança, de uma gestação de oito meses, sobreviveu. A Polícia Civil vai dar mais detalhes do caso nesta tarde em uma coletiva na cidade.
Segundo a Polícia Civil, Aline Roberta Fagundes foi autuada em flagrante pelo crime contra Gabrielle Barcelos. Até o momento, a Polícia Civil apurou que Aline recebeu a jovem em sua casa e ofereceu a ela um suco que teria Rivotril, um calmante. Gabrielle perdeu os sentidos, e a mulher abriu a barriga dela com um estilete. A jovem acabou morrendo. A menina foi internada e passa bem.
O corpo de Gabrielle estava enrolado em um colchão, segundo a Polícia Militar. A corporação foi informada que os moradores da casa onde o corpo foi encontrado haviam dado entrada no pronto atendimento do Hospital da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Lá, eles acabaram detidos. A Polícia Civil também apura se o companheiro de Aline também tem envolvimento com o crime.
Continua depois da publicidade
Um dia antes de morrer, Gabrielle postou uma mensagem no Facebook falando sobre a expectativa do nascimento da filha. “Hoje sou a mulher mais completa do mundo por estar te carregando, minha filha. Falta pouco para poder ver seu rostinho, te acariciar mais do que tudo nesse mundo, ver seu papai babando por você, porque sei que ele será um ciumento que dói com você. Minha filha, estamos te esperando aqui que você  (sic) com muita saúde falta pouco pra te conhecer”, escreveu a jovem.

Veja a reportagem da TV Vitoriosa, parceira da TV Alterosa de BH

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores

%d blogueiros gostam disto: