General do Exército que fez críticas ao governo é destituído do comando de secretaria

Em palestra, ele comparou a gestão de Michel Temer a um balcão de negócios. Exército informou que general ficará ligado à secretaria geral da Força, sem função específica.

O Exército informou neste sábado (9) que destituiu o general Antonio Hamilton Mourão do cargo de secretário de Economia e Finanças do Comando do Exército. Mourão, que nesta semana fez críticas ao governo do presidente Michel Temer, vai ficar ligado à secretaria geral do Exército, sem função específica, de acordo com a assessoria de imprensa da Força.

Leia Mais: General do Exército volta a cogitar intervenção militar no Brasil

O Exército não informou o motivo para a destituição do cargo. O general Luiz Eduardo Ramos Baptista vai assumir a Secretaria de Economia e Finanças.

Em uma palestra no Clube do Exército em Brasília nesta quinta-feira (7), Mourão comparou o governo Temer a um “balcão de negócios”.

Em setembro, ele já tinha se envolvido em polêmica, quando, também em uma palestra, disse que se o Judiciário não retirasse corruptos da vida pública, os militares deveriam agir. Nesta quinta, ele voltou a falar em intervenção militar.

Ainda de acordo com o Exército, Mourão vai entrar para a reserva no final de março de 2018.

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores

%d blogueiros gostam disto: