Famílias das vítimas do voo da TAM receberão indenização de R$ 30 milhões

Dez anos após o acidente aéreo que matou 199 pessoas no Aeroporto de Congonhas (SP), as famílias das vítimas receberão indenização. Segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal “O Globo”, a empresa francesa Airbus, fabricante do avião da TAM (atual Latam), pagará um total de R$ 30 milhões nos próximos dias.

De acordo com o jornalista, é a maior indenização já paga em casos desse tipo no Brasil. Não à toa, a quantia é endereçada às famílias das vítimas da maior tragédia aérea brasileira.

 Em 17 de julho de 2007, o voo da TAM 3054 saiu de Porto Alegre com destino a Congonhas. Após pousar sem frear, a aeronave cruzou os limites da pista e se chocou com um prédio da companhia aérea e um posto de gasolina. Os 187 presentes no avião, entre passageiros e tripulantes, e 12 pessoas atingidas em solo morreram no acidente.

Dois anos depois da tragédia, o relatório do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) apontou falha humana e falta de infraestrutura na pista de Congonhas como as principais causas do acidente.

Fonte: Metrópoles

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores

%d blogueiros gostam disto: