Empresário reage a assalto com vassouradas no Rio Grande do Norte; veja vídeo

O dono de uma lotérica reagiu a um assalto com vassouradas e expulsou dois criminosos armados na manhã deste sábado

Câmeras de vigilância flagraram o momento em que o dono de uma lotérica reagiu a um assalto com vassouradas e expulsou dois criminosos armados na manhã deste sábado (9), em Acari, região Seridó potiguar. Por pouco, o caso não acabou em tragédia. Os suspeitos atiraram duas vezes, mas não atingiram ninguém.

O G1 conseguiu conversar com o dono do estabelecimento, que pediu para não ser identificado por questão de segurança. O homem varria a entrada da lotérica, por volta das 6h30 deste sábado (9), quando um homem se aproximou com uma arma de fogo na mão e anunciou o assalto.

Outras pessoas estavam no local, no momento do crime e ficaram sem reação. Ao perceber a ação, porém, o empresário partiu para cima do suspeito golpeando o homem com a vassoura.

Veja o vídeo

“Foi impulso. A gente não pensa direito na hora. Dei uma vassourada e corri pra dentro (da lotérica)”, diz o comerciante. Ao tentar se livrar dos golpes, o assaltante caiu no chão e saiu correndo em seguida. Outro criminoso que ainda se aproximava do local chegou a apontou a arma contra o comerciante, mas correu junto com o parceiro, fugindo do local.

Dois tiros ainda foram disparados, de acordo com o dono da lotérica, mas não atingiram ninguém. Ele encontrou uma capsula de bala próximo ao estabelecimento e vizinhos encontraram um buraco na parede de uma casa vizinha.

A lotérica já tinha sido vítima de outra tentativa em novembro deste ano. Segundo o comerciante, a mulher dele fechou a porta contra um casal que anunciou um assalto enquanto entrava no estabelecimento.

“É muito triste a situação de insegurança que nós temos. Agora estou contratando seguranças, junto com outras pessoas da rua, para garantir pelo menos um pouco mais de tranquilidade”, considerou.

O assessor de imprensa da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, tenente-coronel Eduardo Franco, considerou que o comerciante teve muita sorte na ação, mas que a população não deve reagir a assaltos e acionar a polícia. “Poderia ter acontecido algo desastroso”, ressaltou.

Leia Mais: Suspeito de estuprar paciente durante atendimento em hospital é afastado

Fonte: G1

 

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores

%d blogueiros gostam disto: