Carille admite mais saídas, mas diz que Corinthians terá reforços em dezembro

Além de Pablo e Arana, outros jogadores podem sair. Nem Cássio está garantido

Além do zagueiro Pablo e do lateral-esquerdo Guilherme Arena, outros campeões brasileiros poderão deixar o Corinthians. Quem diz é Fábio Carille. Neste domingo, após o empate com o Atlético-MG, o técnico admitiu a possibilidade de mais saídas.

– Estamos arriscados a perder mais jogadores. Mas não sou de lamentar. Minha parte é trabalhar o time em campo – disse, em Itaquera, depois de levantar o troféu conquistado há duas rodadas.

Nem Cássio, goleiro do clube há cinco anos, está garantido na visão do treinador:

Leia Mais: Campeão da Série B, técnico do América-MG vê justiça: ‘Melhor equipe do campeonato

Veja a entrevista coletiva de Fábio Carille

Veja a entrevista coletiva de Fábio Carille

– Não consigo falar se o Cássio continua para 2018. Ele é fundamental, fez mais um grande ano, não posso falar que vai ficar depois de um grande campeonato, seleção brasileira, tem sempre interesse de fora. Não dá para saber o que vai acontecer – destacou o técnico.

Aliviado pelo título, o treinador afirmou ainda que a queda de rendimento no segundo turno, depois de um rendimento acima da média na primeira metade do campeonato, foi em grande parte provocada pelo assédio de clubes europeus aos atletas.

– Muito se falou de concentração, de o time perder o foco. Realmente, naquele período ruim nosso, aconteceu. Por isso. Muitos jogadores sendo procurados, na cabeça do atleta é natural pensar quanto vai ganhar na Europa. Pelo nosso primeiro turno, nosso time chamou a atenção. Faltava algo dentro de campo.

Saem alguns, chegam outros

Na contramão das saídas de Pablo, que não chegou a um acordo para a renovação de contrato, e de Arana, que defenderá o Sevilla (da Espanha), a diretoria do Corinthians negocia para reforçar o elenco que em 2018 defenderá os títulos paulista e brasileiro.

O Corinthians tem três nomes com conversas mais avançadas: o zagueiro Marllon, da Ponte Preta, o volante Renê Júnior, do Bahia, e o atacante Júnior Dutra, do Avaí.

– Até o fim do ano, (chegarão reforços) sim. Muita coisa está acontecendo, nada oficial. A partir do momento que vão se confirmando as saídas, temos que acelerar para chegar em 3 de janeiro com 90% do elenco definido, porque no dia 17 começa o campeonato. O mês de dezembro vai ser de muito trabalho, vão chegar jogadores – comentou Carille.

– Já temos alguns nomes (para a lateral), vai chegar jogador para a posição. Mas não tem (essa de) zagueiro que nem o Pablo, não. É o conjunto, é uma engrenagem. São dois jogadores que foram importantíssimos na nossa campanha. Não é Arana, não é Pablo. Funcionamento coletivo por causa da característica de todos eles.

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores

%d blogueiros gostam disto: